Rótulo de Produtos

Rótulo de Produtos

Com este artigo, conheça 4 pontos para desenvolver seu rótulo de produtos.

Todos os produtos precisam de rótulos, e cada segmento conta com um órgão regulamentador. Conheça agora, ótimas dicas de fazer seu rótulo conversar com seu público.

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é o órgão responsável pela regulamentação de rótulo de produtos alimentícios no Brasil, porém, existem diversas portarias regulamentadoras de rótulo de produtos em muitos segmentos.

A verdade é que, em todas as áreas, o rótulo é extremamente importante para influenciar o consumo do produto, diferenciando posicionamento, marcas e propostas de valor entre os concorrentes. Após definir todos os detalhes da embalagem, é fundamental dar atenção especial à idealização e elaboração dos rótulos.

Tecnicamente falando, os rótulos consistem em todas as inscrições, legenda e imagem, ou toda a matéria descritiva ou gráfica que esteja escrita, impressa, estampada, gravada ou colada sobre a embalagem do alimento.

Antes de iniciar o design do produto, é fundamental saber o que é exigido pelos órgãos que regulamentam cada segmento, como citado anteriormente. 

Após realizar a checagem feita, é o momento de desenvolver o rótulo de produtos para conquistar o público, apresentando todas as informações necessárias para que o produto ganhe um destaque especial na prateleira.

Para que esse processo seja realizado da maneira correta, preparamos uma lista com 4 dicas para criar melhor o rótulo de produtos. 

1 – Identidade visual

Para que o produto se destaque, é preciso que o público se identifique com o que é apresentado. Desta forma, os clientes conseguem associar o produto a marca através de elementos como logo, cores, formas e linguagem. É de extrema importância que a comunicação utilizada na divulgação esteja de acordo com todo o posicionamento que a empresa possui, mantendo sempre, a mensagem a ser transmitida. 

2 – Design

A primeira impressão que o cliente tem em relação ao produto está diretamente ligada ao design do mesmo. Como as informações estão dispostas influencia diretamente na escolha, como cores, textos, imagens e disposição dos elementos que compõem o visual do rótulo. 

3 – Informações

Não importa o segmento, é fundamental que todas as informações contidas no rótulo sejam claras e objetivas. Uma ótima opção para transmitir as informações necessárias é a utilização de ícones, imagens, sintetização de dados e maneira descontraída de apresentar os dados. Além de ser uma tendência de mercado, a leitura se torna mais agradável, e supre totalmente as exigências dos órgãos regulamentadores. 

4 – Material

Um ponto que deve ser levado em consideração em qualquer hipótese é o material escolhido para o rótulo de produtos. É fundamental pensar em como esse objeto será transportado, armazenado e consumido, para depois levantar quais são os melhores nesta situação. Caso o produto necessite ir à geladeira, por exemplo, o rótulo necessita ser à prova d’água. Já em casos de produtos que têm contato direto com corrente elétrica, o rótulo precisa aguentar altas temperaturas. Inúmeras opções e tecnologias estão disponíveis no mercado de gráficas de etiquetas e rótulos técnicos. Neste quesito, a Light Print poderá te ajudar.

Você conhece nossos serviços? Estamos no mercado de indústria gráfica desde 1990, tendo total expertise em desenvolver rótulo de produtos com materiais ideias. Quer saber mais? Acesse nosso site e entre em contato com nossos consultores, será um prazer te ajudar neste momento: www.lightprint.com.br

Deixe uma resposta

Fechar Menu