Etiquetas adesivas para alta temperatura

Etiquetas adesivas para alta temperatura

Com este artigo, compreenda o que são etiquetas adesivas para alta temperatura.

Existem diversos casos em que as etiquetas necessitam ser expostas à altas temperaturas. Nestes casos, você sabe como escolher a que melhor supre suas necessidades? Conheça mais agora.

As etiquetas adesivas para alta temperatura podem ser utilizadas em diversos ambientes, como indústrias, podendo ser automotivas, aeronáuticas, eletrônicos (componentes e circuitos), química, motores e equipamentos industriais, além de aplicação, como gestão de inventário de ativos, identificação unitária de produtos, placas de circuito impresso, rastreabilidade e informações de segurança.

É muito comum que os clientes realizem essa solicitação, porém, o mercado ainda não oferece apenas um modelo que satisfaça todas as necessidades da indústria, afinal, os requisitos impostos por cada empresa varia.

Como exemplo, as etiquetas de circuitos precisam ser resistentes a variação de temperatura, afinal, elas passam pelo processo de soldagem de placas e resfriamento após este processo. Já as etiquetas adesivas para alta temperatura utilizada em motores, devem ser extremamente resistentes às altas temperaturas, já que se mantém expostas durante toda a vida útil.

As superfícies de adesão também sofrem variações, além da temperatura de aplicação e as necessidades de outras resistências de etiquetas, como umidade, óleos, antiestática, entre muitos outros. 

É importante realizar uma série de análises para identificar qual é o modelo de etiquetas adesivas para alta temperatura mais eficiente para cada caso, verificando assim, qual possui a melhor resistência para atender as necessidades da empresa e do produto em que ela será usada.

Para que isso seja realizado com excelência, as etiquetas adesivas para alta temperatura devem ser projetadas para que todas as camadas trabalhem em conjunto, levando em consideração o frontal, o adesivo e a laminação. 

A impressão é um outro fator que deve ser levado em consideração, afinal, ela precisa resistir às altas temperaturas as quais a etiqueta é exposta, sendo importante utilizar tintas específicas e até ribbons especiais, como os de resina.

1 – Frontal para etiquetas adesivas para alta temperatura

Etiquetas adesivas para alta temperatura

Para etiquetas que serão expostas às altas temperaturas, é importante acrescentar um frontal de boa estabilidade direcional e pouco condutivo. 

As etiquetas comuns produzidas em papel couchê ou BOPP suportam aproximadamente entre 60 e 80°C. Utilizando o adesivo adequado para a situação e uma formulação especial, o limite de temperatura é alterado, podendo chegar em 110°C com os papéis couchê, branco fosco, offset, transtherm, entre outros. 

Acima disso, encontra-se as etiquetas adesivas para altas temperaturas em poliéster (PET), podendo ser expostas à 150°C, sendo indicadas para as mais diversas aplicações. 

O poliester cromo fosco acaba sendo o material mais solicitado pelos clientes, possuindo as mesmas características do poliéster branco, porém, sua aparência lembra alumínio e pode ser muito utilizada em bens duráveis e etiquetas de patrimônio.

Já as etiquetas campeãs de resistência quando expostas às altas temperaturas são as de poliimida, também conhecidas como Kapton, responsáveis por suportar calores de 260°C a 300°C, dependendo da versão escolhida, tendo como principal aplicação as placas de circuito impresso.

2 – Adesivos para alta temperatura

Assim como a escolha do frontal, o processo de definir qual adesivo usar é de extrema importância. Em sua maioria, os adesivos acrílicos apresentam resistência superior ao calor e à oxigenação, do que as borrachas.

Pensando no leque de adesivos disponíveis para suportar altas temperaturas, destacam-se os que aguentam de 140°C aos que resistem até 300°C, tendo como tempo de exposição máximo, 5 minutos.

3 – Ribbons para altas temperaturas

Tão importante quanto escolher o material adesivo da etiqueta é a formulação do ribbon que será utilizado durante o processo de impressão das etiquetas adesivas para altas temperaturas. 

Um ribbon comum de cera é desenvolvido para suportar 60°C, enquanto o misto resiste à 100°C, aproximadamente.

Já os ribbons de resina acabam sendo mais indicados, afinal, possuem um ponto de fusão maior do que os outros estilos, necessitando de maiores temperaturas durante a impressão térmica, para que as informações sejam melhor fixadas na etiqueta.

4 – Temperatura de serviço e temperatura de aplicação

A temperatura máxima em que as etiquetas adesivas para altas temperaturas pode ser exposta recebe o nome de “temperatura de serviço”, podendo ser dividida em forma contínua (realizada em etiquetas responsáveis por identificar produtos próximos ao calor, como motores e transformadores elétricos), e exposição pontual (em que as etiquetas são expostas a pequenos picos e a pouco tempo, como ocorre no processo de soldagem).

Ou seja, identificar o tempo em que o material irá passar por exposição é fundamental. Existem etiquetas que são desenvolvidas para aguentar apenas picos curtos de calor. 

Para identificar a faixa de temperatura que a etiqueta ficará exposta, os fabricantes desenvolvem testes com o adesivo sobre alguma superfície, podendo deixar claro que a temperatura específica do produto pode não funcionar da mesma maneira para todas as superfícies testadas. 

Já a temperatura de aplicação consiste, como o próprio nome já apresenta, na faixa de temperatura adequada para realizar a fixação da etiqueta na superfície. Para realizar o processo, é preciso verificar a temperatura mínima de aplicação, que geralmente é uma variante entre -5 e 10°C. É recomendado que a aplicação seja realizada em temperaturas maiores do que essas, permitindo que o desempenho adequado seja mantido. 

Você está em busca de uma empresa de qualidade e confiança para desenvolver as etiquetas adesivas para alta temperatura da sua empresa? Chegou o momento de conhecer a Light Print, uma indústria que conta com diversas certificações e está no mercado de confecção de ribbons e etiquetas técnicas desde 1990, garantindo muita credibilidade.

Saiba mais: http://www.lightprint.com.br

Fonte: https://www.promtec.com.br/produto/etiquetas-adesivas-para-alta-temperatura/#:~:text=Para%20alta%20temperatura%20buscamos%20um,Fosco%20%2F%20Offset%2C%20Transtherm).

Deixe uma resposta

Fechar Menu