Leitor de código de barras: conheça todos os modelos

Leitor de código de barras: conheça todos os modelos

Com esse artigo, entenda qual o melhor leitor de código de barras para seu negócio.

Para cada etiqueta, é necessário um leitor de código de barra. Conheça agora os tipos existentes.

Todos os investimentos em um negócio devem levar em consideração as particularidades de cada operação, especialmente os equipamentos como leitores de código de barras. Muitas vezes o principal atrativo no momento da compra é o valor, porém, deve-se analisar principalmente as necessidades que esse eletrônico deve atender.

Para aumentar a lucratividade de produção, conheça os modelos existentes no mercado e analise qual supre melhor as necessidades de sua organização.

  • MANUAL COM FIO:
leitores-leitor-codigo-de-barras-boletos-e-nota-fiscal-usb-ps-950.jpg

Indicados para leituras feitas a curta distância, devido ao uso do fio. O código deve ser levado até o leitor.

  • MANUAL SEM FIO
36001a-11.jpg

Como não possuem fios, são ótimos para ser usados em casos de que o operar deve ir até o produto com o código, se afastando da base.

  • FIXO
leitor_de_codigo_de_barras_fixo_2d_ds7708_zebra_6111_1_20171101114418.jpg

Alguns lugares possuem fluxo alto de clientes, e nesses casos são indicados leitores fixos, para que a consulta de preços.

Além do modelo, é importante verificar qual a tecnologia de leitura mais adequada para a leitura do código de barras.

  • CDD

Também conhecidos por leitores de contato, possuem uma área de leitura pequena, exigindo que seja aproximado do código de barras. Sua tecnologia consiste em um feixe de LED de pouca precisão, fazendo a leitura apenas em 1D. Possui dificuldade na leitura de superfícies curvadas ou molhadas. São indicados para operações de baixo fluxo, como cadastramento de podutos.

  • LASER

São um pouco mais caros, mas tem melhor desempenho do que o CDD. Funciona através de um feixe de luz em forma de linha, fazendo com que reconheçam somente códigos em 1D, mas em distâncias muito maiores e com baixa luminosidade. 

  • IMAGER

Também é conhecido como linear imager, é inspirado no CDD, porém com desempenho superior. Não precisam ficar tão próximos do código, e alguns modelos já conseguem ler códigos 2D.

  • AREA IMAGER

Os códigos 2D conseguem armazenar uma quantidade maior de informações, por isso necessitam de equipamentos específicos para leitura. Sua capacidade de leitura é muito maior, conseguindo reconhecer códigos em monitores e smartphones, além de consumirem pouca energia.

Gostou desse artigo? Leia mais: http://lightprint.com.br/rotulos-de-risco/

Deixe uma resposta

Fechar Menu